segunda-feira, março 14, 2005

SAINTS - Nothing Is Straight In My House

Image hosted by Photobucket.com

Depois do abandono de ED KUEPPER, em 1978, perdemos a esperança de voltar a ouvir dos THE SAINTS um novo (I'm) Stranded ou Eternally Yours, discos históricos e irrepetíveis, mas nos anos que se seguiram CHRIS BAILEY poucas vezes deixou a fasquia abaixo dos mínimos e em All Fools Day provou mesmo que os australianos continuavam a gravar música vital e excitante. Nothing Is Straight In My House, o disco de 2005, defende esta asserção desde o início com o fulgor das guitarras sujas em Porno Movies, o riff tonitruante de A Madman Wrecked My Happy Home e o tema-título. Algum interesse dilui-se a meio do caminho para regressar em Taking Tea With Aphrodite, na delicadeza acústica de Passing Strange e na leveza pop de Where Is My Monkey?. Não desiludindo os fãs é capaz de conquistar curiosos.