quinta-feira, abril 14, 2005

MOJO - Maio de 2005

Image hosted by Photobucket.com

MARC BOLAN é a atracção principal da Mojo do mês de Maio, uma edição Jurássica na qual aparecem os T.REX ao lado dos DINOSAUR JR. Mas o grande acontecimento deste número é o 10/10 (Instante Mojo Classic!) e a meia página de prosa atribuídos a Oceans Apart, o novo GO-BETWEENS, um excelente disco sobre o qual também escrevi um pequeno texto para a mais recente Mondo Bizarre (mais sobre esta edição nos próximos dias). Entre os novos discos aparecem também os trabalhos de ELIZA CARTHY, SAINTS, NEW ORDER (sovado), TOM RUSSELL (elogiado), JOSEPHINE FOSTER, ANGELS OF LIGHT, AUTECHRE, MARK MULCAHY, MARY LORSON e VIC CHESNUTT – estes últimos três com direito a destaque na Rosa dos Sons muito em breve. Na área das reedições escreve-se sobre JACK NITZESCHE e GENE VINCENT, enquanto o “tesouro escondido” deste mês é o primeiro álbum do projecto DENIM, o colectivo retro formado por Lawrence após ter arrumado com os FELT. O guia de compras contempla os HAWKWIND e o entrevistado de Maio é LOU REED. Nos artigos desta edição são também protagonistas os BOOMTOWN RATS e o tempo recua mais ainda para traçar a herança musical da cidade de Memphis e listar os seus heróis entre os quais se conta MAVIS STAPLES, dos STAPLES SINGERS, figuras de proa da histórica Stax. KRISTIN HERSH tem direito a dupla aparição: elogiada a propósito dos 50 FOOT WAVE e arrolada para o delicioso inquérito das páginas iniciais. Falta apenas mencionar a cereja no bolo: um CD com 15 temas de ‘southern soul’ no qual desfilam ETTA JAMES, IKE & TINA TURNER, SAM & DAVE, EDDIE FLOYD, MAVIS STAPLES e muitos outros.

2 Comments:

Blogger inominável said...

Estou curioso para ouvir o novo de Go-Betweens. Mas vou esperar para que chegue às lojas. E agora, lembrei-me do concerto de 2003! Em verdade digo, era de um concerto assim que precisava neste momento. Só com canções bonitas e conhecidas.

12:32 da manhã  
Blogger Familycat said...

Olá inominável :)

Ainda antes de chegar ás lojas vou tentar deitar a mão à edição especial da Lo-max que traz um CD extra com gravações ao vivo recentes. Quanto a um concerto em Portugal, não ficaria nada espantado se à última da hora eles fizessem um desviozito das datas espanholas e dessem cá um salto. Vamos ficar de olho...

2:12 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home